Please enable JS

Projeto Avanza 2010 | Projetos de I+D na Europa | IECISA

O projeto Avanza engloba diferentes projetos I+D desenvolvidos pela IECISA e cofinanciados pelo Ministério da Indústria, Turismo e Comércio espanhol.

Projetos Avanza 2010

Os projetos que figuram a seguir foram cofinanciados pelo Ministério da Indústria, Turismo e Comércio ao abrigo do Plano Avanza Competitividade (I+D+i) e inseridos no Plano Nacional de Investigação Científica, Desenvolvimento e Inovação Tecnológica 2008-2011

Plan Avanza
Minsiterio de Industria
Unión Europea

O projeto ODITOFI, On Demand Interactive Television Over the Future Internet (Televisão Interativa On Demand na Internet do Futuro), foi liderado pela Informática El Corte Inglés no âmbito do plano AVANZA para os anos 2009-2010, no Subprograma Avanza I+D para projetos de investigação industrial ou desenvolvimento experimental, código TSI-020100-2009-602, na modalidade de projeto ou ação em cooperação.

O objetivo do projeto é o desenvolvimento de sistemas interativos para TDT padrão com o suporte de video-on-demand e a transferência de aplicações sobre canal de retorno de banda larga para a criação de portais interativos com aplicações que utilizam a Internet como meio de comunicação. O projeto inclui o desenvolvimento de serviços interativos e video-on-demand sobre os dispositivos com suporte de alta definição.

O projeto é liderado pela IECISA, e conta com a participação da RTVE, RTVA, TV3, Abertis Telecom, Activa Multimedia, Net2U, Investrónica, Optiva Media, Lambdstream, SDI Digital, Magibox Interactive, Engel, Universidad de Baleares, Universidad Politécnica de Madrid e a Universidad de Málaga

O projeto MCODA, Mass Customization: On Demand Apparel, foi liderado pela Informática El Corte Inglés no âmbito do plano AVANZA para os anos 2009-2010, no Subprograma Avanza I+D para projetos de investigação industrial ou desenvolvimento experimental, código TSI-02011-2009-272 na modalidade de projeto ou ação em cooperação.

O projeto MCODA, (Comercialização de Roupa por Medida on Demand na Internet do Futuro) tem como objetivo principal o desenvolvimento de uma plataforma padrão de serviços avançados que permite às PMEs do setor têxtil a comercialização de roupa por medida através das redes de ultra banda larga. O projeto abrange desde o desenvolvimento do sistema de captura e gestão de provador virtual 3D até à plataforma avançada de produção e comercialização on demand através da Internet.

O projeto é liderado pela IECISA, e conta com a participação da Fiables IT Outsourcing Services, Metria Digital, Soluciones Antropométricas, Teikhos Tech, e os organismos de I+D Centro de Tecnologias de Interação Visual e Comunicações VICOMTECH e a Universidad Politécnica de Madrid.

No projeto PLIFED, Plataforma de Internet do Futuro para Eventos Desportivos, a Informática El Corte Inglés participou no âmbito do plano AVANZA para os anos 2009-2010, no Subprograma Avanza I+D para projetos de investigação industrial ou desenvolvimento experimental, código TSI-020501-2009-813, na modalidade de projeto ou ação em cooperação.

O projeto tem como objetivo a criação de uma plataforma de serviços interativos para televisão que facilite o desenvolvimento de aplicações e serviços para as retransmissões desportivas, desde informação sobre o evento até estatísticas em tempo real. No projeto são desenvolvidas aplicações de demonstração para as transmissões dos principais desportos, MotoGP, Fórmula1 e Futebol.

O projeto é liderado pela MSL Software, e conta com a participação da IECISA, Magicbox Interactive, Acubo, La Sexta, RTVE (Teledeporte) e dos organismos de I+D Vicomtech e a Universidad Politécnica de Madrid.

No projeto MULTILEARNING, Plataforma de Serviços Formativos para a Migração de Objetos de Aprendizagem em SCORM para outros Dispositivos (TDT, Móvel, Consolas), a Informática El Corte Inglés participou no âmbito do plano AVANZA para os anos 2009-2010, no Subprograma Avanza I+D para projetos de investigação industrial ou desenvolvimento experimental, código TSI-020312-2009-31, na modalidade de projeto ou ação em cooperação.

O projeto tem como objetivo o desenvolvimento de soluções e ferramentas, processos ou métodos organizativos para a criação, edição, armazenamento, distribuição eletrónica e reutilização de conteúdos digitais de caráter formativo no âmbito da televisão digital interativa, assim como noutras plataformas. O projeto inclui a implementação de um modelo de demonstração para determinados setores produtivos.

A IECISA participa no projeto como sócio junto da Fortec (coordenador), Instituto Tecnológico de Aragón, Net2You e Andimat.

No projeto RAIA-LEARNING, Multiplataforma de serviços para a geração de práticas formativas baseadas em realidade aumentada e agentes tutoriais dotados de inteligência artificial, a Informática El Corte Inglés participou no âmbito do plano AVANZA para os anos 2010-2012, no Subprograma Avanza I+D para projetos de investigação industrial ou desenvolvimento experimental, código TSI-020302-2010-155, na modalidade de projeto ou ação em cooperação.

O projeto envolve criadores de programas formativos, produtores de práticas formativas, programadores de sistemas para desenvolvimentos multiplataforma e prestadores de serviços formativos para utilizadores finais. O seu principal objetivo é impulsionar e melhorar os serviços de teleformação, possibilitando a aprendizagem prática interativa e personalizada, através do desenvolvimento de diversas soluções tecnológicas.

A IECISA participa no projeto como sócio junto da Fortec (coordenador), Instituto Tecnológico de Aragón, Net2You, Confederación Española de Organizaciones de Panadería e Andimac.

No projeto SATURNO, SATellite Universal tv Redistribution NetwOrk, a Informática El Corte Inglés participou no âmbito do plano AVANZA para os anos 2010-2012, no Subprograma Avanza I+D para projetos de investigação industrial ou desenvolvimento experimental, código TSI-020302-2010-10, na modalidade de projeto ou ação em cooperação.

O projeto tem como objetivo o desenvolvimento de dispositivos e de sistemas para o Lar Digital que permitam aproveitar ao máximo as capacidades de distribuição de conteúdos e serviços multimédia das plataformas de difusão por Satélite atuais e futuras assim como facilitar o acesso através de diferentes dispositivos multimédia existentes no lar.

O projeto tem a sua motivação principal na distribuição eficaz dos novos serviços avançados multimédia (Alta Definição, Interatividade multimédia e Internet TV, Push Video-On-Demand, Televisão 3D), desenvolvidos em torno da tecnologia DVB-S2, que permite aumentar consideravelmente a capacidade de transporte dos satélites existentes, e a necessidade do setor de encontrar sistemas de distribuição inovadores que permitam aproveitar ao máximo essas capacidades, maximizando as possibilidades e vantagens para o utilizador final enquanto reduzem o custo do equipamento de receção necessário.

A IECISA participa no projeto como sócio juntamente com a Hispasat (coordenador), Blusens Technology, Gigle Networks Iberica, Fundación Centro Tecnológico de Telecomunicación de Galicia, Promax Electrónica e Ángel Iglesias.

No projeto TRAZA ALIMENTARIA, a Informática El Corte Inglés participou no âmbito do plano AVANZA para o ano 2009 e 2010, no Subprograma Avanza I+D Subprograma Avanza I+D (Conteúdos digitais e soluções TIC para PMEs), código TSI-020515-2009-17, na modalidade de projeto ou ação em cooperação.

O objetivo do projeto Traz@limentaria é a implantação de um sistema de gestão da rastreabilidade alimentar em 50 PMEs dos setores vinícola, das carnes, conservas, azeite, produtos lácteos, laboratórios de amostras responsáveis pela gestão da qualidade alimentar e tratamento de resíduos.

As ferramentas ao serviço das PMEs alimentares permitem não só melhorar a sua produtividade como, ao mesmo tempo, cumprir a atual normativa de controlo da Rastreabilidade Alimentar implantando um Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controlo –APPCC- (Real Decreto 2207/95 para o estabelecimento de medidas de autocontrolo na implantação do APPCC, e da sua obrigatoriedade no R.D 202/200) e o seguimento da rastreabilidade do produto.

A União Europeia estabeleceu a obrigatoriedade nas empresas do setor alimentar, a partir de 1 de janeiro de 2005, de dispor de um sistema de verificação da rastreabilidade dos seus produtos. A «Lei do alimento» (Regulamento CE 178/2002 do Parlamento Europeu e do Conselho pelo que se estabelecem os princípios e os requisitos gerais da legislação alimentar) foi estabelecida pela Autoridade Europeia de Segurança Alimentar (EFSA) e contempla diferentes procedimentos a seguir. A rastreabilidade, como garantia de origem dos alimentos e, sobretudo, de transparência, deve evitar as práticas fraudulentas ou a adulteração dos produtos de consumo.

A entidade solicitante do projeto é a Informática El Corte Inglés, S.A. (IECISA), em cooperação com a Knowgate, S.L.