Please enable JS

O Tribunal de Justiça de São Paulo melhora a sua segurança institucional com a IECISA

Actualidad

ATUALIDADE

NOTICIAS

O Tribunal de Justiça de São Paulo melhora a sua segurança institucional com a IECISA
31/Outubro/2017
TJSP implementará uma solução de segurança institucional que inclui um sistema integrado de monitorização e gestão de incidentes para 46 postos de controle em 46 edifícios interligados a um centro central de monitorização

A IECISA implementará uma solução de segurança institucional que inclui um sistema integrado de monitorização e gestão de incidentes para 46 postos de controle em 46 edifícios interligados a um centro central de monitorização, onde serão gestionadas as ações de segurança e controle de acessos, com seguimento nas imagens de forma ininterrupta e com capacidade de análise da informação em tempo real.

O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Magistrado Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, assinou em 3 de outubro o contrato de modernização do sistema de segurança do TJSP, pelo que a Informática El Corte Inglés fornecerá um sistema de segurança integrado orientado para a deteção prévia de incidentes e proporcionará as respostas mais eficientes aos eventos reais ou potenciais que possam surgir na instituição.

Na primeira fase do projeto, 46 edifícios receberão a infraestrutura de hardware e software necessária (câmaras digitais de monitorização agregadas com software de análise de informações com recursos de inteligência artificial, estações de registo de visitantes, sistema de controle de acesso, sistemas de deteção de veículos e pessoas, sistema de reconhecimento facial avançado, botões de pânico e fechaduras eletrónicas).

A IECISA também fornecerá todas as infraestruturas TIC associadas, como servidores, rede elétrica e rede lógica, estações de monitorização, solução de backup e solução de posto de trabalho, bem como serviços profissionais de instalação, implementação e consultoria de processos, formação, garantia, suporte técnico e manutenção para cada sede e centros de monitorização locais.

O posto central integrado de monitorização incluirá, além do software que unifique a informação reportada por todos os edifícios; as estações de trabalho, o mobiliário, o datacenter e videowall necessários para a eficaz prevenção de incidentes.

Este projeto de segurança institucional que será implementado em 46 edifícios do Tribunal de Justiça de São Paulo, equivale aproximadamente 400 pisos de 200.000 m2 de área administrada pelo sistema e garantirá a segurança de 848 de um total de 2546 magistrados.